Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simples Poemas

Este blog é um local onde partilho os poemas que vou criando, faço-o por puro prazer e diversão. Posto um pouco de tudo, principalmente acerca de sentimentos, emoções e momentos.

Simples Poemas

Este blog é um local onde partilho os poemas que vou criando, faço-o por puro prazer e diversão. Posto um pouco de tudo, principalmente acerca de sentimentos, emoções e momentos.

17
Nov12

Coração itinerante

Sara Oriana

Porque gosto eu tanto de filmes tristes

Ou mesmo de romances?

De amores terríveis e belos

De pedaços de vida, de retalhos?

 

Porque amo eu histórias perdidas?

Amores que nunca irão durar?

Porque dou eu tudo por coisas

Que mais tarde ou mais cedo vou deixar?

 

A minha procura incessante,

Pela história, aquela que vou repetir

Que vezes sem conta irei repetir...

Coração itinerante, este o meu

 

Nunca se cansa nem irá cansar

Vive tanto de rir quanto de chorar

E no fim será para sempre o único

Que me ira beijar boa noite

E acompanhar-me até à morte

 

01
Jul12

Esta noite

Sara Oriana

Esta noite podes dormir, meu pequeno

Hoje guardarei o teu sono, podes sonhar

Podes descansar por fim, vim para ficar

Até ao dia que me digas para não vir

Afagar-te-ei o cabelo, sussurrarte-ei

Acompanhar-te-ei durante esta noite

Para te dar força nos pesadelos

Para partilhar contigo os sonhos

Para te esperar quando caíres,

Para te animar quando desistires

Nada te pedirei em troca, nada

Confiarei em ti, e no teu tempo

E confiarei em mim, e em nós

Hoje embalo-te, e espero ficar para sempre

05
Set10

Noite de Verão

Sara Oriana

O mar, calmo e sereno chama-me

Canta-me nesta noite de Verão

Diz-me para ir, regalar-me nele

para mergulhar e acompanha-lo na canção

 

Sentir a paz, a calma, o deleite

Sentir a água fria no meu corpo nu

Somente ver os brilho da lua na água

E a civilização lá longe

 

Unir-me ao que é puro

Embalada e protegida pelo escuro

Deixar que a água leve tudo

Ser somente nada

 

O frio da agua a acarinhar-me

Como que a uma velha amiga

Uma amante, uma amante esquecida

Embalar-me, e dizer-me

Acabou, minha querida, agora descansa

30
Dez07

A noite e a tempestade

Sara Oriana
Sunsurro á noite que se vá embora
Mas ela teima em ficar
E eu aqui fico a observar
Noite, já está na hora
Digo, mas não me ouve

No meu mundo, tudo chove
Não só a água cai do céu
Mas a luz caio no breu
As folhas choveram a terra
os ramos apodrecem,
E o vento chora e berra

E assim todos se esquecem
E eu, eu estou no meio da tempestade
Andado passo a passo
Sem pensar em saudade
Já não aguento tanto espaço...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D