Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simples Poemas

Este blog é um local onde partilho os poemas que vou criando, faço-o por puro prazer e diversão. Posto um pouco de tudo, principalmente acerca de sentimentos, emoções e momentos.

Simples Poemas

Este blog é um local onde partilho os poemas que vou criando, faço-o por puro prazer e diversão. Posto um pouco de tudo, principalmente acerca de sentimentos, emoções e momentos.

27
Jan10

Mundo nosso

Sara Oriana

És o ar que me passa pelos pulmões

Que me alimenta o sangue,

Esse que me pulsa nas veias

E que leva ás minhas pulsações

 

E sabe tão bem o teu toque

Sabem tão bem as tuas caricias

Devolves-te-me o que achava perdido

Fizes-te das minhas trevas, um paraiso

 

O meu cavaleiro negro, o meu, só meu

Envolveste-me numas doces brumas

Essas que dão uso á minha luz

 

Não passas tu sem a minha luz,

Como eu sem essas trevas

Que belo sonho este, que é tão meu e teu

03
Ago09

Hoje sou feliz

Sara Oriana

Hoje sou o vento quente que acarinha as folhas, sou eu aquela brisa quente, que a todos toca que a todos acarinha, sou paz, sou felicidade, sou uma criança perdida no meu próprio mundo.

Não me canso de amar tudo, não me canso de aproveitar, não me canso de viver nem por um segundo.

Sou a luz da lua que brilha por entre as ondas brandas de uma noite de Verão, cintilando tenuemente entre a escuridão do mundo, conjuntamente com todas as outras luzes. Sou-o porque o quero ser, porque o sinto nas veias, porque me amo, e por isso amo o mundo em meu redor. Nada importa nada interessa, somente eu, somente o mundo. Somente aqueles pequenos momentos que a vida nos dá para ver, para viver, somente os detalhes, as cores cintilantes provenientes de um candeeiro de rua. A vibração do verde nas folhas ao sol, o azul ciano brilhante do céu, a noite escura e todas as suas estrelas.

Tudo isto, todo este conjunto inspira-me. eleva-me, acalma-me e fascina-me.

Hoje sou feliz.

12
Jun09

Brilhante

Sara Oriana

Brilhante, encontro-me brilhante perante os meus iguais,

Sem medo de nada, sou extremamente abençoada

O mundo caminha e eu brilho entre os demais

Porque sou feliz, tão feliz, tenho o mundo, tenho a alma

Vivo assim, vivendo como quem ama

Amando tudo, de igual forma, com a minha calorosa intensidade,

Sou feliz, O Verão chama por mim como o seu derradeiro apelo

O calor, o sol, a luz, toma conta de mim, partilha comigo a sua amizade

E eu? Eu salto e riu, porque não há melhor para fazer, que momento belo

Estou em mim outra vez, intensa e bela, derradeira e forte

Uma borboleta rara, um pássaro que voa alto

Sou a pura sorte, O gargalhar que já não chora

Sou um sorriso só, A pura felicidade que de nós anda tão perto

Sou eu só eu, com o meu brilho sublime

Riu, canto e danço, tentando nisto para sempre perder-me

 

08
Jul08

Despertar

Sara Oriana

 

 E cá me envolvo de novo no meu ser

Na minha felicidade excessiva,

Mais real que qualquer outra, mas sem amor,

Porque ainda não sei bem que fazer,

Mas certa estou de que voltei a mim,

Embora ainda não me tenha livrado do teu calor,

Mas sei que isso terá, um dia, fim.

 

Hoje é dia de sorrir, sorrir como nunca

Sorrir assim simplesmente, por razão nenhuma

Rir-me para a sorte que não me sorriu,

Rir-me para a vida que sempre me acarinhou

Rir-me de tudo o que me partiu

Rir-me de mim, porque ainda não passou.

 

Mas sei que rir-me-ei com gosto

Porque não há razões para chorar

Sopra o vento

E deixarei o sol raiar...

 

 

05
Jun08

Hoje

Sara Oriana

perdi-me... perdi-me por ai,

nem as letras já fazem sentido,

nem o céu nem o chão,

mais um coração partido...

 

mas...

 

Não!!!!!

 

Falem-me, falem-me

olhem-me porque sim,

Riam-se para mim, batam palmas

Hoje é dia! hoje é dia!

Batam palmas! batam palmas!

 

Porquê?...

porque hoje não existo... não existo

e eu, mesmo não existindo gosto de ser notada,

por isso façam-me sentir actriz da minha peça!

 

Uma peça...

Não há nada mais maravilhoso

do que enfrentar daquela forma o mundo,

e quando tudo sucede bem, grande sorriso disperto

Grande felicidade, grande orgulho, grande ego!!

Isso ninguém me tira! Isso ninguém me tira

Batam palmas! batam palmas!

 

E por isso, hoje, por entre a tristeza estou feliz

Hoje... hoje...

 

20
Jan08

Feliz

Sara Oriana

Hoje? Hoje sou tão grande

Não quero de mais nada saber

Não mais nenhuma parede

Me consiguirá prender

 

Estou livre como nunca

Não quero saber de opiniões

Serei eu, grande e única

Porque apesar dos sermões

Estou viva, e quero mais que tudo viver

E se tiver que sofrer

Estou me nas tintas

 

E se contigo me pintas

Desengana-te meu amigo

Porque agora quero apenas estar comigo

 

E tu que me julgas e me insultas

Pobre coitado, tenho mesmo pena de ti

Nada apaga o que senti

Quando me lixei para condutas

Quando fiz o que quis

E se fui cabra, que tenha sido

Se fui pita, isso é comigo

 

Sou louca, sou feliz

Não paço de uma pequena petiz

 

17
Jul07

Brilhante

Sara Oriana
Abram alas, pois hoje estou feliz
O mundo pode não me abençoar
Mas eu nunca deixarei de sonhar
Como um pequeno petis

E que as minhas desgraças ardam
E que os meus lamentos se desvaneçam
Nas labaredas da minha alma
Antes que volte a calma

Hoje sou grande e bela
Hoje sou brilhante como uma estrela
E isso ninguém me tira
Nem a mais pequena ideia sombria

Olhem-me hoje então
Tão altiva e brilhante
E peço então perdão
Pela alma tão citinlante
Que parece ser um insulto
Para o mundo que está sempre de luto...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D