Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simples Poemas

Este blog é um local onde partilho os poemas que vou criando, faço-o por puro prazer e diversão. Posto um pouco de tudo, principalmente acerca de sentimentos, emoções e momentos.

Simples Poemas

Este blog é um local onde partilho os poemas que vou criando, faço-o por puro prazer e diversão. Posto um pouco de tudo, principalmente acerca de sentimentos, emoções e momentos.

01
Jul12

Esta noite

Sara Oriana

Esta noite podes dormir, meu pequeno

Hoje guardarei o teu sono, podes sonhar

Podes descansar por fim, vim para ficar

Até ao dia que me digas para não vir

Afagar-te-ei o cabelo, sussurrarte-ei

Acompanhar-te-ei durante esta noite

Para te dar força nos pesadelos

Para partilhar contigo os sonhos

Para te esperar quando caíres,

Para te animar quando desistires

Nada te pedirei em troca, nada

Confiarei em ti, e no teu tempo

E confiarei em mim, e em nós

Hoje embalo-te, e espero ficar para sempre

01
Jul12

Culpa

Sara Oriana

Hoje queria sunsurrar-te ao ouvido

Mimar-te no meu regaço, ser o teu abrigo

Como um dia fui, antes de tudo,

Quando o meu amor era inocente

Quando tudo fazia sentido

 

Mas hoje esbanjo-me no meu egoísmo

Era eu e mais eu, constantemente

Nado no desespero, na culpa, no abismo

Como consegui transformar algo tão bom

Tão puro, no mais atroz egocentrismo

 

Nesses tempos viajava nos sonhos

Para te acarinhar e acalmar, estava ali

Depois estava ali porque querias que estivesses aqui

Quão sedenta de tudo, quão faminta estava

Devorei-te até ao âmago, e nem vi

Nem vi nada, meu pequeno, nada

 

Não te pedirei desculpas, porque será pior

Ultimamente, é somente o que sei fazer

E tu não mereces ter que suportar mais esta dor

Mas gostava de voltar aqueles dias

Ou voltar aquele sentimento estonteante

E mais uma vez, viajar nos sonhos

E sussurrar-te que te amo, e guardar-te o sono

Mais uma vez, e desta vez para todo o sempre

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D