Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simples Poemas

Este blog é um local onde partilho os poemas que vou criando, faço-o por puro prazer e diversão. Posto um pouco de tudo, principalmente acerca de sentimentos, emoções e momentos.

Simples Poemas

Este blog é um local onde partilho os poemas que vou criando, faço-o por puro prazer e diversão. Posto um pouco de tudo, principalmente acerca de sentimentos, emoções e momentos.

24
Set07

Batalha

Sara Oriana

Mais uma vez me encontro sozinha

Mais uma vez tenho um exercito para vencer

Mas ninguém me há de derrotar, por mais pequenina

Pois agora a unica coisa que tenho a perder

É aquilo que jamais deixarei perecer

 

Que me zombem as carcaças

Essas que eu deixei apodrecer

Pois alcançaram a paz por entre muitas desgraças

E eu aqui estou a sangrar e a sofrer

 

Mas não se enganem, pois é necessario lutar para vencer

E não existe sequer opção de vir a morrer

Por isso que me saiam as tripas, meus caros

Porque para me matar será necessário muito mais

 

Agora, para mim, já não existe dor demais

Agora, apenas meros maus bocados

Pois sou bem melhor do que qualquer parvoeira sentimental

Que ridiculo, julgar-me caida por algo que me correu mal

 

E logo eu, que ainda ei de bater mais vezes com os cornos no chão

Quero lá saber, agora nem sei se tenho coração

E a verdade é que nem me interessa

Quero mais é que ele se desvaneça!

 

 

 

24
Set07

Quem me dera...

Sara Oriana
Quem me dera que fosse tão facil falar como escrever
Quem me dera que tu não te fosses embora
Quem me dera que  o tempo pará-se e não chega-se a hora
Quem me dera rapidamente te esquecer...

Mas para falar é perciso ter força para isso
Para o tempo não te levar, seria necessario não passar
E Este não pára e é exacto e preciso
Mas o que eu queria mesmo, era por um momento te amar.

Mas eu não consigo falar
O tempo não pára de andar
E eu vivo pela luz do sol e pelo vento
Pois apenas eles me acalmam este tormento

Já nem sei o que pensar
Já nem sei o que escrever
Apenas sei que se te amar
Certamente te irei perder...
14
Set07

Não vés?!

Sara Oriana
Emaranhada em mim
Te declamo o que sinto
Como é que não ouves?
Temendo o fim,
Esse que chega rapido como o vento
E como é possivel? Será que não percebes?

Será que o meu sorriso
Esse que se abre quando te vê
Não é suficientemente preciso
Ou simplesmente não existe um porquê?

Sonhar contigo não é o suficiente?
se não posso ter o futuro, pelo mesnos o presente
Mas a sorte não está do meu lado
E tu continuas no teu mundo vedado...
10
Set07

Escuridão

Sara Oriana
Procuro incasavelmente uma luz
Um pequeno sorriso que me eleve no ar
Mas a escuridão amarga que me seduz
Sunsurra-me o quão duro é amar

E por mais que eu não queira ouvir
Ela infiltra-se, e não faz se não rir
Da minha vulnerabilidade e ingenuidade
E agora vivo nesta triste sobriedade

Mas porque te quer o vento levar?
Mais uma vez, ficarei no chão estendida
Sem me querer voltar a levantar
Morta por tamanha ferida

Haverá lágrimas que te apaguem?
Mas que estou eu a dizer?!
Que as águas me limpem e purifiquem,
Mas apagar-te é algo que jamais irei fazer...

E a minha insignificante existencia
Cái mais uma vez por terra
Mais tarde levantarme-ei e ganharei resistencia
Mas agora sangro, e choro a cina que foi bem severa...

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D